Posted by: kohlerortofacial | May 18, 2015

Estética facial na infância

ImageProxyDr. Gerson I. Köhler

A aparência física do rosto pode comprometer a sociabilidade da criança? Estética facial na infânciaimagesA aparência física – aí incluída a facial – é um fator importante na maneira de como a pessoa é vista em sociedade. E é na infância que se inicia este contato social com outros indivíduos, sendo também quando começam os julgamentos baseados nas características visuais.

Segundo Gerson Köhler, membro da ABOR – Associação Brasileira de Ortodontia e Ortopedia Facial – pesquisas realizadas peola Universidade de Minnesota (EUA) apontaram que a criança fora dos padrões estéticos, geralmente é alvo de brincadeiras, chacotas e – às vezes – até de apelidos desagradáveis, culminando, em alguns casos em atitudes de bullyng.

Para o especialista em anomalias dentofaciais, Juarez Köhler, mesmo os adultos se deixam levar pela aparência das crianças, pois – via de regra geral – os pequeninos mais bonitos costumam ser mais bem vistos e seus erros e faltas tendem, inclusive a ser considerados menos relevantes.

Com base nisto, afirmam os especialistas da Köhler – Ortodontia e Ortopedia Facial, vemos umaa inconsciente importância da beleza nas relações sociais, e o rosto é o ponto de início. É nele que a percepção sobre a criança começa e, caso existam desconformidades estéticas, lamentavelmente, a pessoa costuma ser julgada negativamente.

Por esta razão, informam Juarez e Gerson Köhler, os pais precisam prestar atenção no desenvolvimento da região da boca (chamada de dentofacial) de seus filhos. Ela representa cerca de um terço do rosto e é suscetível a deformações por funções inadequadas da face, tais como a respiração bucal e o apertamento de dentes, entre outros hábitos deletérios. Estes hábitos nocivos costumam ser repetitivos e vão – gradualmente, modificando a estrutura óssea, com repercussões danosas sobre a beleza e harmonia – externas – do rosto.

O ideal, finaliza o professor Gerson Köhler – docente convidado do Curso de Pós-Graduação em Ortodontia e Ortopedia Facial da Universidade Federal do Paraná, é importante ter um acompanhamento regular das variáveis do crescimento facial a partir de, pelo menos, 6 anos de idade. Desta forma, conclui Juarez Köhler, as chamadas anomalias dentofaciais (que incluem as questões ortodônticas pediátricas) podem ser prevenidas e tratadas antes que alterem não só a beleza mas também o bem-estar e a qualidade de vida das crianças.

Fontes:

Juarez e Gerson I. Köhler são membros especialistas da Associação Brasileira de Ortodontia e Ortopedia Facial, ligada internacionalmente à World Federation of Orthodontists (EUA), com clínica de Ortopedia Facial e Ortodontia Pediátrica em Curitiba(PR) – kohler010@gmail.com – blog – kohlerortofacial.wordpress.com.

Face and body recognition show similar improvement during childhood.

J Exp Child Psychol. 2015 Apr

The influence of averageness on children’s judgments of facial attractiveness.

J Exp Child Psychol. 2013 Aug

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

Categories

%d bloggers like this: