Posted by: kohlerortofacial | April 15, 2013

O sorriso perfeito – num rosto harmonioso – começa na infância.

IProxy.mvcModernos aparelhos intrabucais de silicone médico permitem que os tratamentos de ortopedia facial (a ciência que estuda o crescimento e desenvolvimento craniofacial) possam ter início ainda em tenra idade, já a partir dos quatro anos quando necessário.

“Os fatores etiológicos (as causas) que atuam sobre as questões ortopédicas e ortodônticas do rosto (durante todo o processo de crescimento e desde o nascimento) podem ser classificados como o resultado de uma associação de inúmeras situações.”

Durante muitos anos especialistas acreditaram que a pré-adolescência era o momento ideal para dar início a tratamentos normalizadores das anomalias dentofaciais – problemas que envolvem questões ósseas, musculares e de posição dos dentes. “Graças à evolução científico-tecnológica e estudos de pesquisadores renomados, atualmente existe um novo paradigma que ampliou o conceito de tratamento das alterações que ocorrem na face, principalmente na região dentofacial, que é responsável por um terço da beleza e harmonia do rosto.

Hoje os tratamentos podem ter início ainda na infância, a partir de quatro a cinco anos de idade”, explica Gerson Köhler, ortodontista e ortopedista-facial da Köhler Ortofacial.

A chamada Ortopedia Facial considera o rosto infantil como um todo, analisando as possíveis alterações no seu crescimento e desenvolvimento de forma integrada e não apenas em determinadas partes. “Até os quatro anos de idade o rosto cresce 60% de seu tamanho final e lá pelos 10 anos de idade este crescimento chega a 80% do total. Estas constatações, publicadas pelo médico pediatra americano Howard Meredith em seus estudos sobre crescimento infantil, permitiram que a Ortodontia e a Ortopedia Facial mudassem sua forma de atuação e passasse a redirecionar o crescimento facial da criança precocemente , de modo que seu desenvolvimento se proceda da forma mais correta possível”, destaca o especialista Juarez Köhler.

Para tornar mais efetivos e aceitáveis os tratamentos na infância foi necessária – também – a progressiva criação de novos tipos de aparelhos, pré-fabricados em silicone médico, um material flexível, e com modelo compatível com o tamanho da boca e as anomalias diagnosticadas no paciente. “É uma verdadeira revolução terapêutica, a qual torna possível redirecionar o complexo crescimento e o desenvolvimento da face ainda na infância. Os benefícios vão além da saúde e se estendem à estética e a auto-estima, já que evitam desconfortos e complexos principalmente no ambiente escolar como o bullying”, ressalta o especialista.

Os aparelhos ortopédicos de silicone promovem exercícios suaves para a musculatura mastigatória da criança, com reflexos benéficos nos ossos faciais, principalmente na mandíbula e na maxila, nos quais estão localizadas as arcadas dentárias superior e inferior. “Estes dispositivos também reeducam a língua, considerada um poderoso músculo do organismo, para que ela se posicione corretamente na boca e exerça a deglutição – o ato de engolir a saliva ou os alimentos – de forma adequada”, acrescenta.

O professor Gerson Köhler esclarece que o sistema mastigatório é a parte inicial do aparelho digestivo e possui suas funções inter-relacionadas com o sistema respiratório. “O aparelho também intervem no estimulo à respiração correta, pelo nariz, e isto é muito importante para um rosto harmonioso e para a saúde em geral. Inclusive diversos estudos associam a respiração bucal com o desenvolvimento incorreto da face”, afirma.

A vantagem dos aparelhos de silicone é que eles não exigem moldagens prévias da boca das crianças, podem ser utilizados a partir dos quatros anos de idade e seu uso acontece de forma progressiva. “Primeiro a criança utiliza o aparelho apenas algumas horas durante o dia e à medida que vai se acostumando o período de uso aumenta, se tornando comum até mesmo durante a noite para dormir. Ela começa a associar o aparelho a diversão, já que ele pode inclusive ser mascado, incentivando o seu uso”, finaliza.

Fontes:

– Juarez F. W. Köhler e Gerson I. Köhler – Ortodontia e Ortopedia Facial. Membros da Associação Brasileira de Ortodontia e Ortopedia Facial, filiada a WFO – World Federation of Orthodontists – USA

– Meredith HV. Growth in Head and Face Width During the First Twelve Years of Life. Pediatrics.


Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

Categories

%d bloggers like this: