Posted by: kohlerortofacial | April 15, 2013

Distúrbios do sono: bruxismo e refluxo (RGE)

ImageProxy.mvcDistúrbios do sono: bruxismo e refluxo (RGE) são muito comuns em pessoas que fazem apnéias obstrutivas.

De acordo como o American College of Chest Physicians, em publicação no respeitadíssimo periódico científico CHEST, existe uma alta prevalência de bruxismo (seja ruidoso ou sem ruído) e também de refluxo gastroesofágico em pessoas que sofrem de apnéias obstrutivas do sono. O estudo científico realizado informa que um a cada 4 pacientes com apnéia sofre de bruxismo.

Isto significa – em números percentuais – que 25% dos apnéicos façam também bruxismo, que é o apertamento dos dentes durante a noite. E notem que o chamado ‘apertamento dos dentes’ não costuma ser exatamente gerado por eles (que são apenas reféns do contexto) e sim pela excessiva ação da musculatura mastigatória. Ainda mais, 35% dos apnéicos, segundo o períodico científico, fazem refluxo, que é o retorno – anormal – do conteúdo do estômago para o esôfago.

Para chegar estas conclusões o estudo avaliou uma amostra de 150 homens e 150 mulheres sofredores de apnéia. Cada grupo era composto de 50 pessoas brancas, 50 hispânicos e 50 afroamericanos.

Os indicativos da pesquisa científica apontam para o fato de que os distúrbios do sono como a apnéia obstrutiva costumam – geralmente – estar associados a outras doenças e sintomas, sendo preciso que os especialistas em sono, abordem também –no diagnóstico/prognóstico de seus pacientes – estas demais condições anormais de saúde. O bruxismo (apertamento e/ou rangido dos dentes entre si, causado pelo excesso de atividade da musculatura mastigatória) é um deles, podendo ser extremamente danoso não só à boca e seu conteúdo como também à saúde geral.

A questão dos distúrbios obstrutivos do sono é complexa, diz o estudo publicado na CHEST. Cada final de um dos inúmeros eventos de apnéia obstrutiva que ocorrem durante o sono costuma ser acompanhado de vários fenômenos que se manifestam na boca, tais como ronco, apertar/ranger os dentes, respiração bucal ofegante e até resmungos ou grunhidos. A apnéia obstrutiva dos homens costuma ser mais severa e também são eles os portadores de mais alta prevalência do apertar/ranger dentes durante o sono. Isto pode causar – ainda – inúmeros outros sintomas, tais como, cefaléias (dores de cabeça tensionais) ao acordar, podendo estar diretamente relacionado, inclusive – em determinados casos – à percepção de zumbidos e outras sensações manifestas nos ouvidos, gerados a partir de tensão da musculatura de cabeça, rosto e pescoço.

Portanto, se você – ou alguém de sua família – se enquadra em tudo o que foi descrito pela pesquisa da CHEST, é hora de procurar um especialista em Distúrbios Obstrutivos do Sono. A Odontologia – há mais de 15 anos – atua, de forma associada, com a Medicina do Sono, no controle e minimização destes sintomas que diminuem severamente o bem-estar e a qualidade de vida das pessoas.

Fontes:

– Gerson I. Köhler e Juarez F. W. Köhler, ortopedistas faciais/ortodontistas, membros da Associação Brasileira de Sono, blog: kohlerortofacial.wordpress.com – e-mail: kohler010@gmail.com

– CHEST – 75th Annual International Scientific Assembly of the American College of Chest Physicians.


Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

Categories

%d bloggers like this: