Posted by: kohlerortofacial | September 1, 2010

Encontro mostra a atuação da ortodontia no tratamento do zumbido

Na próxima sexta-feira (03) acontece mais um encontro do Grupo de Apoio a Pessoas com Zumbido de Curitiba (GAPZ). O palestrante será o ortodontista e ortopedista facial Gerson Köhler, que irá explicar a atuação destas especialidades nos pacientes com zumbido. “O zumbido é o sintoma de que algo esteja organicamente inadequado, mas  não necessariamente somente com os ouvidos. Sua origem pode estar associada a vários sistemas ou partes do corpo, por isso muitas vezes o tratamento é multi-interdisciplinar. O primeiro passo é consultar um médico otorrinolaringologista, que após descartar problemas na estrutura interna do ouvido encaminhará o paciente a outras especialidades, quando necessário”, explica Gerson.
Os exames devem ser detalhados e podem envolver, inclusive, uma análise da região craniofacial. “Existem questões odontológicas e neuromusculares da face que interferem no zumbido. Apertamentos, a forma incorreta de fechar a boca, a maneira como os dentes se contactam e até mesmo o excesso de força empregado pela musculatura facial podem influenciar o zumbido, podendo ser a causa ou um dos diversos fatores que podem piorar a situação”, esclarece o especialista.
Segundo Gerson, cerca de 28 milhões de brasileiros padecem do sintoma, caracterizado pela percepção nos ouvidos ou na cabeça de um som que não existe no meio externo. “Destes, cerca de 15% percebem o zumbido e sentem um incômodo e 5% tem o chamado ‘zumbido incapacitante’, casos em que a pessoa sofre diversas limitações que influenciam e prejudicam o sono, a vida profissional e social e a concentração”, acrescenta. O ortodontista explica ainda que existem mais de 200 fatores que podem causar o zumbido. A busca por tratamento especializado é importante, com a precocidade que for possível, quanto antes a questão for corretamente diagnosticada, melhores serão os resultados terapêuticos alcançados. “É preciso encontrar a(s) causa(s) que gera(m) o desconfortável sintoma para poder propiciar níveis de bem-estar que façam com que a pessoa possa viver com melhor  qualidade de vida”, é a importante consideração final de Gerson Köhler, professor convidado da UFPR – pós-graduação – desde 1988.
GAPZ
Com o objetivo de informar e atualizar as pessoas sobre o que é, as causas, consequências e tratamentos para o zumbido, o GAPZ é uma iniciativa pioneira que existe há mais de 10 anos no Brasil e tem pólos em vários estados. O grupo tem ganhado cada vez mais destaque e já foi objeto de estudos que indicam que as pessoas com frequência superior a 75% nos encontros conseguem melhora significativa no problema do zumbido.
No encontro são esclarecidas todas as dúvidas dos presentes pela equipe interdisciplinar do GAPZ.
Evento
O encontro desta sexta-feira, 3 de setembro, ocorre, como sempre, no anfiteatro do 5. andar do anexo B do Hospital de Clínicas da UFPR. A palestra é gratuita e a presença pode ser agendada pelo fone (41)3225.1665.
Serviço: Grupo de Apoio a Pessoas com Zumbido
Data: 03.09.2010
Tema: A atuação do ortodontista no tratamento do zumbido.
Palestrante: Gerson Köhler, ortodontista e ortopedista facial
Horário: a partir das 14h
Local: 5º andar anexo B do Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Paraná


Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

Categories

%d bloggers like this: